Arquivo da tag: Amor

O Reinicio de uma Despedida

Eu sinto falta da fluidez no mundo, da falta de dinâmica que a necessidade de permissões infringe na vida, da desordenada mania de ter mais medo ainda quando ninguém está olhando. E o que é a falta de atenção associada … Continuar lendo

Publicado em Texto | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Texto 10 de 2012

Viver é dominar a arte do desespero. Este planeta é o manicômio do universo. Este mundo foi o destino dado aos malucos que habitavam o paraíso, os doidos de deus, e por isso dizem, deus está no meio de nós. … Continuar lendo

Publicado em Som, Texto | Marcado com , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Texto 33

Era Roger Waters executando a obra prima do rock progressivo, “Dark Side of the Moon” viera a minha cidade e todos íamos assistir, era um acontecimento; foi um acontecimento. Eu a convidei por que íamos todos juntos mas eu ficaria … Continuar lendo

Publicado em Texto | Marcado com , , , | 1 Comentário

Havia começado com uma dor estranha no braço esquerdo, o meu excesso de peso, a falta de exercícios, a total falta de zelo comigo mesmo. Toda uma vida se encaminhando pra uma conclusão tenebrosa e inexorável que se revela agora.

Meu coração dói.

Publicado em Texto | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Era uma bela manhã de sol, pássaros cantavam, pessoas caminhavam sorrindo, carros passavam cantarolando músicas prosaicas. Justo na manhã em que minha espingarda estava sem balas.

Eu sou exatamente como um vírus, um risco a ser evitado, um mal entendido desnecessário de se cometer. Uma pedra sobre qualquer tipo de plano, e plana, voa entre as diversas possibilidades, eu sou a curvatura da terra sumindo no … Continuar lendo

Publicado em Revisitado | Marcado com , , | Deixe um comentário

Era jovem e tinha uma namorada linda, uma família que o amava, pessoas que o apoiavam e pretendia estudar medicina. Foi pra guerra. Morreu.

De repente você junta alguns diálogos do fim com algumas falas que você lembra do começo, uma porção de olhares, de encontros e desencontros, ligações, ligações perdidas, silêncios e então todo aquele quebra-cabeças se transforma num emaranhado de cores pedindo … Continuar lendo

Publicado em Texto | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Fix You – Coldplay

Acaba aqui mais uma edição dessa coisa sem graça que as pessoas chamam de vida. Acabou o ano mas não pode acabar o amor! Por mais que pareça um discurso hippie é sobre isso mesmo que eu quero falar. Eu … Continuar lendo

Publicado em Texto | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário