Arquivo da categoria: Lócus

Lócus qualquer coisa.

Pedro suspirou e pensou, que mal tem, é de graça! Pedro nunca quis que fosse de graça, era canhestro, conservador, de papo atravessado, sabia que nunca queria. Pedro era espontâneo, era moribundo, fantasmagórico, emancipado, bebia Guinness e achava que era … Continuar lendo

Publicado em Lócus | Deixe um comentário

Lócus – Vol. 14

Entre eu e o mar sempre haverá uma faixa de areia quase infinita, a qual os humanos denominam praia. Que pressupõe calor, multidão, crianças e sorvete. Em meu país é impossível pensar em praias frias, gélidas, areia condensada, mar que … Continuar lendo

Publicado em Lócus | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Lócus – Vol. 13

Era sábado quando Pedro teve que finalmente reencontrá-la. Um desses churrascos casuais, coisas de amigos próximos mas que não via havia algum tempo. Lá estava ela, do outro lado do jardim, no extremo oposto, onde ele a havia mantido já … Continuar lendo

Publicado em Lócus | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Lopes – Vol. 12

Era algo meio ilógico pra sair da cabeça de alguém mas, neste caso, era da cabeça de Pedro, nada que seja de fato realmente ilógico pode advir após uma afirmação dessas. E este fato em particular, ao qual daremos atenção … Continuar lendo

Publicado em Lócus | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Lócus – Vol. 11

Se a sua porta está fechada, e você está se divertindo sozinho dentro da sua casa, por favor, não abra se alguém bater, seja lá quem for. Giovahnna Ziegler Quando as pessoas passam pela vida e quando essa passagem dura … Continuar lendo

Publicado em Lócus | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

Lócus – Vol. 10

Eu tentei. Eu desisti. Eu tentei. Eu desisti. Eu tentei de novo, e eu desisto. De novo. Dessa vez o pra sempre vai durar. Bárbara Roehniss Pedro havia desmaiado novamente, tudo isso devido ao fato de tentar ouvir pela segunda … Continuar lendo

Publicado em Lócus | Marcado com , , | Deixe um comentário

Lócus – Vol. 9

Olá, meu nome é Pedro, eu tenho vinte e seis anos, sou filho único, não fui mimado, não tive déficit de atenção na minha infância, não enfrentei problemas financeiros ou sociais, não uso drogas, não sou alcoólatra, não tenho nenhum … Continuar lendo

Publicado em Lócus | Marcado com , , | 2 Comentários