Texto 01 de 2013

Eu senti um sopro. Uma brisa, um vento. Um mundo inteiro girando ao meu redor e… parando. Eu senti outro sopro. Eu senti o silêncio. Tem uma certa época do ano em que a genta faz o… Deve ser a época da vida, não do ano. Tinha um cachorro no meio da pista, andando sem sentido, farejando qualquer coisa que pudesse quem sabe ser bonita, claro que era. Tinha um cachorro no meio da pista. Tinha uma pista no meio da avenida, lá os carros passavam, seguiam, alguns paravam e quando eles paravam o cachorro corria e mordia o pneu, não largava mais, gostava do gosto da borracha. O cachorro não tinha dono. Não sabia se era certo, como cachorro que era não pensava a respeito, mordia e abria mão da verdade, é inútil tentar dominar algo tão volátil, tão subjetivo, o cachorro imaginava que poderia forjar uma verdade ao seu bel-prazer pois apesar de não ser munido de razão era munido de criatividade. O cachorro não latia, eu tambem não. Tendo que chegar ao meu destino arranquei mesmo sabendo que a velocidade imprimida nas rodas pudesse machucar o cachorro, eu não queria machucar o cachorro e meu único medo era ser mal interpretado por um notívago que por ventura me observasse. Cachorro maldito, tinha que morder o meu pneu? Eu sumi na noite e de novo senti um vento, um sopro. O cachorro estava ao meu lado, sentado no banco do passageiro, cabeça pra fora, língua recebendo o vento. Minha mãe nunca iria permitir que eu tivesse um cachorro dentro de casa, meu pai não apoiaria, mas teria uma visão mais condescendente. Eu abri a porta, olhei para dentro. Olhei para o cachorro e disse: Se quiseres a casa é sua.

Anúncios

Sobre drepo

Pedro Lacerda, filho de Robson Lopes e Marivalda Lacerda, do Vale do Jequitinhonha.
Esse post foi publicado em Texto. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s