Texto 11 de 2012.

De manhã escureço, de dia tardo, de tarde anoiteço, de noite ardo.

Quais são os lugares que fazem a alma rejuvenescer que não os lugares que fazem o corpo envelhecer? Essa mistura de dias na memória é o combustível do presente, ou a desgraça do presente, vai do “quando” de cada um. Vai do quanto os jornais, os amigos, os professores e as mulheres impuseram lógicas atrás de lógicas na cabeça de quem deseja sentir algo mais que o comum. A negação é o primeiro passo, é, aliás, o único passo que vai ser dado a vida inteira.

Sem lenço, sem documento.

Anúncios

Sobre drepo

Pedro Lacerda, filho de Robson Lopes e Marivalda Lacerda, do Vale do Jequitinhonha.
Esse post foi publicado em Texto e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s