A Festa de um Homem Só.

170220121003

Tudo começou com uma ligação perdida. Eu retornei a ligação, fui convidado a ir à casa de um amigo, lá, duas latas de cerveja, agora eu entendo por que o lema do AA é “evite o primeiro gole”. Voltei pra casa, havia acabado de acordar, eram 19h. Em casa acessei essa deprimente rede social azul em busca de alguém que me acompanhasse no incremento da minha alcoolemia. Um post e noventa e um comentários depois resultaram apenas em promessas, a promessa de que eu ficaria pra sempre sozinho num intrépido “foreveralone” proferido a cada resposta negativa dos alvos dos meus convites, e a promessa de que beberíamos sim, mas não hoje, hoje é quinta-feira, trabalhadores trabalham, vagabundos vagabundeiam, eu pertenço ao segundo time e o primeiro time já havia arrumado suas camas e preenchido suas fronhas com os seus travesseiros preferidos. Titubeei e por fim me conformei com a minha solidão de errante. Estava aturdido quando acessei um ranking das melhores coxinhas de São Paulo, nesse momento minha fome já beirava níveis estratosféricos, nesse momento também,  desafiei deus a fazer aparecerem coxinhas e uma caipirinha na minha frente. O resultado é a foto aí em cima. Acontece que no meio tempo entre o pedido e a foto eu tive que criar coragem, sair de casa, ir até o único mercado 24h de Guarulhos (já eram 2h da madrugada), comprar coxinhas congeladas, comprar limões, passar em um posto de gasolina qualquer pra comprar ainda mais algumas Heinekens, voltar pra casa, fritar as coxinhas, cortar o limão, temperar com açúcar e cachaça, completar com gelo, mexer, colocar as Heinekens pra gelar e finalmente montar a foto acima. Enfim, no fim das contas eu acho que eu fiz tudo sozinho.

Em tempo, só não é a festa de um homem só por que minha mãe está aqui comigo. E ao que tudo indica ela realmente existe.

Anúncios

Sobre drepo

Pedro Lacerda, filho de Robson Lopes e Marivalda Lacerda, do Vale do Jequitinhonha.
Esse post foi publicado em Texto e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s