Intervalo 2

Eu tive um período grande de abstenção em relação a esse blog, aos meu projetos cinematográficos e ao andamento que eu deveria conceder naturalmente à minha vida, mas foi por um motivo nobre. No dia 9 de abril desse ano, eu completaria quatro anos como funcionário do banco do brasil, completaria, se estivesse trabalhando, mas não estou, ao invés disso eu preferi ir assistir ao primeiro dos três shows da turnê U2 360º no Brasil, e no dia dez assisti ao segundo show e no dia 13 assisti ao terceiro, como se não bastasse no dia 16 eu fui em Boituva saltar de pára-quedas, tive uma semana corrida, cheia de momentos catárticos e fortes emoções, um excelente pretexto pra começar tudo de novo, com energias renovadas. Então eu me sento na frente do computador pra estudar e o que vem a cabeça, a maldita da Ariana, hoje, com certeza, a pessoa que eu mais odeio no mundo, a pessoa mais fria, egoísta e distante que alguém pode conhecer, o indivíduo mais desprezível com quem eu já tive o desprazer de acabar um relacionamento, infelizmente eu não sou um cara que esquece fácil, eu adoraria ser assim, mas não sou, não sei até quando isso vai durar mas a Ariana tá do lado do Sidnei, naquele hall de pessoas a quem eu desejo distância e lembro com desprezo, horror e mágoa. E eu não digo isso por que foi ela quem terminou comigo, mas foi por que durante um ano inteiro, com seis mil quilômetros de distancia eu deixava claro que ainda gostava dela e ela, ao invés de dizer pra eu esquecer tudo, dizer que ela já estava em outra, não, ela não me dizia nada e ocultava seu relacionamento europeu. É exatamente por esse detalhe, somada a curta experiência desastrosa de reaproximação que ocorreu quando ela tentou voltar ao Brasil que eu tenho ojeriza, desprezo e uma vontade muito grande de morrer só pra parar de pensar nela.

Obrigado.

Agora, de volta a… seja lá o que for.    

Anúncios

Sobre drepo

Pedro Lacerda, filho de Robson Lopes e Marivalda Lacerda, do Vale do Jequitinhonha.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s